O mar Adriático

5. Descrição

O Mar Adriático, com 91.000 quilômetros quadrados, é delimitado pelo Mar Jônico, Península Balcânica e Península Itálica. Seu corpo de água abrange cerca de 1.300 pequenas e grandes ilhas que pontilham a costa croata. Eslovênia, Itália, Montenegro, Albânia, Croácia e Bósnia-Herzegovina têm costas no Mar Adriático. O Mar Adriático corre paralelo ao Mar Tirreno, no lado oposto do litoral da Itália. Ela se estende por 500 milhas de comprimento e 120 milhas de diâmetro. Abrange uma área de superfície de cerca de 53.500 milhas quadradas. Sua profundidade média é de 828 pés, enquanto suas partes mais profundas descem para 4.045 pés. O Estreito de Otranto liga o Adriático ao Mar Mediterrâneo.

4. Papel Histórico

Os primeiros assentamentos descobertos ao longo da costa do Adriático aconteceram entre 6100 aC e 5900 aC. Os antigos etruscos desenvolveram sua civilização ao longo de sua costa ocidental, enquanto os ilírios habitavam a costa leste do mar Adriático. Os séculos VI e VII viram o surgimento de duas cidades antigas ao longo de suas costas, a saber: Apolônia e Epidamnos. Mais tarde, os gregos continuaram mais ao norte para estabelecer mais cidades. As Guerras Púnicas viram a construção de uma grande base naval romana em 246 aC na área. As guerras da Ilíria seguiram-se com a derrota dos piratas e o estabelecimento da costa oriental do Adriático como uma província romana. Os portos em suas margens se tornaram importantes durante o período romano. Após o declínio romano, a área foi governada por sucessivos povos europeus.

3. Significado Moderno

O Mar Adriático é de grande valor para os muitos países que compartilham seu litoral. O mar tem sido um recurso significativo para o desenvolvimento da Europa do Mediterrâneo desde as idades. Vários institutos de pesquisa dos Balcãs e da Itália realizaram estudos científicos sobre o Adriático e suas águas. A rica biodiversidade marinha e as reservas marinhas no Adriático aumentam a importância da área. O Adriático ainda serve como importante via navegável para os muitos navios comerciais de carga e de passageiros que utilizam os muitos portos ao longo de suas costas. Grandes cidades industriais também prosperam ao longo de suas costas, oferecendo oportunidades de emprego a milhares de pessoas.

2. Habitat e Biodiversidade

O Mar Adriático abriga uma grande biodiversidade de plantas e animais. A maioria é endêmica ou indígena da área. O ecossistema aquático do Adriático abriga 535 espécies de algas endêmicas, incluindo algas vermelhas, verdes e marrons. A fauna em suas águas inclui o comumente visto golfinho e alguns cetáceos. Mamíferos marinhos, como cachalotes e baleias-comuns, são migrantes regulares para essas águas. Raias de manta e tubarões-frade também fazem uma viagem ao Adriático. Tartarugas marinhas ameaçadas de extinção e focas-monge também buscam refúgio nas águas do Adriático. O estabelecimento de várias áreas marinhas protegidas promoveu o Mar Adriático como um refúgio seguro para suas espécies endêmicas.

1. Ameaças Ambientais e Controvérsias Territoriais

Águas residuais e escorrimentos de terras agrícolas são duas das ameaças mais sérias ao ecossistema do Mar Adriático. A descarga de lastro dos navios também polui suas águas. O plástico e o lixo jogados nas águas do mar prejudicam a vida marinha que entra em contato com ele. O Banco Mundial ajudou a resolver os problemas de poluição no Mar Adriático. Litígios territoriais com relação a fronteiras marítimas têm ocasionalmente aumentado entre países como a Croácia e a Eslovênia, com costas ao longo do Mar Adriático.