Como falar gato: linguagem corporal do gato decodificada

O gato é o animal mais próximo dos seres humanos. Gatos são criaturas interessantes que se comunicam diretamente com seus donos. Comunicando-se com um gato não é simplesmente um truque de salão que pode ser realizado para divertir os convidados do jantar. Gatos raramente vocalizam com outros gatos, mas reservam interação verbal para humanos. A linguagem do gato envolve uma mistura complexa de expressão facial, posicionamento da cauda e do ouvido e outras formas de linguagem corporal, além de aroma e som. Alguns gatos são vocais e possuem extenso vocabulário, enquanto outros raramente falam ou têm um modo de comunicação adequado. Aqui está como falar gato.

10. Miar

Gatos só miam em humanos, não em outros gatos.

O miau é a vocalização mais familiar de gatos adultos. Curiosamente, gatos adultos não miam um no outro. Miar é uma maneira de gatos se comunicarem com humanos. Meow é um som para todos os fins e pode ser assertivo, amigável, arrojado, busca de atenção, reclamando, ou até mesmo acolhedor. Um miau curto é considerado uma saudação, enquanto vários miados expressam a excitação de um gato ao ver o hospedeiro. Um miado médio é uma espécie de pedido por algo. Os gatos também produzem miados altos para expressar raiva e dor. Para expressar insatisfação e reclamar de um desconforto, os gatos produzem um miado baixo.

9. ronronar

O ronronar pode ser um sinal de felicidade, embora também possa ser um sinal de medo intenso.

O ronronar é um som vibratório contínuo produzido por gatos de todas as idades. Indica um estado emocional positivo do gato. No entanto, os gatos também podem ronronar quando não estão bem ou passam por um momento traumático. Gatos muitas vezes ronronam quando satisfeitos ou felizes, mesmo quando fazem suas refeições. Os gatos também podem ronronar para indicar a necessidade de amizade ou mostrar ao dono que eles apreciam a amizade. Os gatos ronronam em diferentes freqüências, variando de egressivas a fase ingressiva. Alguns gatos domesticados podem ronronar para esconder seu medo ou como uma resposta instintiva para esconder uma fraqueza de um predador.

8. Rosnando / Assobiando

O rosnado é freqüentemente usado como uma maneira de os gatos alertarem o alvo de seu ataque.

Rosnando e assobiando são vocalizações associadas com raiva, descontentamento, aborrecimento ou agressão. Os sons são produzidos sempre que um gato sente o perigo e está se preparando para revidar. Rosnando e assobiando são sempre acompanhados por uma postura corporal destinada a afugentar a ameaça percebida. A comunicação pode ser direcionada para humanos e outros animais, incluindo gatos companheiros. Se a ameaça percebida não responder ao assobio e rosnar, um ataque do gato pode seguir.

7. Chattering / Chittering

Os gatos são famosos por suas habilidades de caça.

Os gatos costumam fazer sons emocionantes, especialmente quando observam ou perseguem uma presa. Este som é muitas vezes referido como tagarelar ou chittering e varia de sons de cliques quietos misturados com miados ocasionais. Durante a tagarelice, o gato abre ligeiramente a boca, puxa os lábios para trás e abre e fecha as mandíbulas muito rapidamente. Alguns especialistas sugeriram que o som da tagarelice é um exagero da mordida de matar produzida freqüentemente quando um gato agarra sua presa pelo pescoço enquanto tenta passar os dentes pelos ossos para matá-los.

6. Orelhas para a frente

Quando as orelhas de gato estão levantadas, sua atenção é geralmente despertada por algo.

Os gatos podem mudar rapidamente a posição de suas orelhas, de eretas para ligeiramente relaxadas ou achatadas contra a cabeça, dependendo da situação. Os gatos são muito afiados e muitas coisas chamam a atenção deles, incluindo um pássaro voando, deixando cair, ou até mesmo o vento soprando. Quando um interesse é despertado em um gato, ou quando é excitado, as orelhas assumem uma posição avançada. A posição avançada das orelhas também é uma forma de saudação amigável, especialmente quando o proprietário entra em uma sala.

5. Olhos dilatados

Gatos se comunicam muito usando seus olhos. Os donos de gatos podem ler as emoções e sentimentos do gato, observando os olhos do gato. Um gato pode olhar diretamente para o proprietário por um longo tempo para chamar sua atenção, ou periodicamente, enquanto pisca para evitar provocar uma resposta defensiva. Quando um gato é surpreendido, assustado, estimulado ou nervoso, as pupilas do olho podem se dilatar um pouco. No entanto, as pupilas podem se dilatar completamente se o gato se tornar agressivo, defensivo ou possivelmente brincalhão.

4. cauda inchada

Uma cauda inchada é a maneira de um gato tentar parecer maior do que é.

Os gatos também usam seus rabos para comunicar seus sentimentos e necessidades. Observar o movimento e a posição da cauda é uma ótima maneira de decifrar como o gato está se sentindo. Pode segurar a cauda verticalmente para expressar felicidade e confiança ou meio levantar a cauda para mostrar insatisfação. O gato também pode preguiçosamente balançar a cauda de um lado para o outro quando estiver em um modo relaxado. Quando um gato está com raiva ou com medo, a cauda fica inchada com a pele em pé. Uma cauda inchada significa que o gato não está de bom humor e está tentando parecer maior do que o seu tamanho normal.

3. Arqueado para trás

Um arco nas costas poderia ser simplesmente um movimento regular após uma longa e relaxante sesta de gato.

Não apenas um gato arqueia as costas enquanto alonga os músculos após acordar de um longo sono, mas também é uma forma de linguagem corporal complexa. Na maioria das vezes, um gato arqueia as costas quando se sente ameaçado ou sente perigo pelo qual precisa reagir ou se defender. As costas arqueadas são frequentemente acompanhadas por pêlos em pé por todo o corpo. O gato também pode virar de lado com as costas ainda arqueadas para afastar a ameaça. As costas arqueadas podem ficar tão altas, já que a coluna contém 60 vértebras que dão grande flexibilidade.

2. Amassar

Amassamento de gato pode ser doloroso se houver garras envolvidas.

Amassar é o movimento feito pelos gatos ritmicamente, alternando suas patas, empurrando para dentro e para fora contra um objeto macio. Nem todos os gatos amassam; a ação é mais comum entre gatos jovens e adultos. Existem várias razões para um gato amassar e ronronar satisfeito. A maioria dos gatos amassam quando são acariciados, especialmente quando sentem amor e afeição. É uma maneira de retribuir o carinho e dizer ao dono que ele o ama de volta. O amassamento pode ser doloroso para o dono, pois quanto mais feliz o gato estiver, mais difícil será cavar com suas unhas afiadas.

1. Esfregando as pernas

Gatos esfregando contra a perna de um ser humano podem ser um sinal de afeição.

Gatos geralmente gostam de humanos e farão qualquer coisa para atrair sua atenção. Além de miar, um gato pode esfregar a cabeça ou o queixo nas pernas do dono ou de outros objetos para depositar seu cheiro neles como uma forma de marcar seu território. O gato usa glândulas na testa e ao redor da boca e do queixo para depositar os aromas. As glândulas contêm uma substância química conhecida como feromônios que são depositados esfregando-se contra o objeto. Os gatos são capazes de dizer quando o cheiro foi deixado e a atenção que precisam pagar para o aviso.